Pages

domingo, 25 de dezembro de 2011

PATU- Natal para Todos marca encerramento das festividades natalinas da cidade

Fotos: Bruno Campelo
 Fala da prefeita Evilásia

Em mais uma AÇÃO inédita, a Prefeitura de Patu, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu um importante e marcante evento para todas as crianças da cidade de Patu, “O Natal Para Todos”, que reuniu milhares de crianças em torno do brilho e encantamento natalino do Papai Noel.

O evento que aconteceu na Praça José Pereira de Queiroz (Praça do Povo), contou com a participação toda especial do grupo de palhaços da Companhia Arte e riso da cidade de Umarizal, além dos cover’s dos palhaços Patati e Patatá que agitaram a criançada.

Várias ações aconteceram simultaneamente, dentre elas a distribuição sorvetes, pipocas, batatas fritas, brincadeiras no parque, fotos com o papai Noel e a distribuição de milhares de brinquedos para todas as crianças presentes, um fato inédito e que merece o reconhecimento de toda a nossa comunidade.

“Quando pensamos em algo para as crianças neste período festivo do Natal, logo imaginamos um evento grandioso e voltado para todos os pequeninos da nossa cidade. Um evento amplo com várias atividades e a distribuição de brinquedos, que é o que de fato as crianças mais gostam, além da presença encantadora do Papai Noel, símbolo do encanto natalino”, disse emocionada a prefeita Evilásia Gildênia.

A prefeita disse ainda que esta será mais uma promoção que fará parte do calendário de eventos do município, que deverá ser todo reformulado e ampliado para o ano de 2012. “Devemos olhar com bons olhos todos os eventos que venham a promover o bem estar coletivo e a interação entre as pessoas, seja para o idoso, o jovem ou para as crianças, por isso vamos trabalhar ainda mais para resgatar e valorizar todos todos os segmentos e faixas etárias do nosso município”, disse Evilásia, que agradeceu o empenho de todos os coordenadores e membros dos programas sociais do município e o esforço da secretária de Assistência Social, Linderleide Almeida.

De acordo com a secretária Linderleide, o evento superou todas as expectativas de público e organização. “O que vimos na Praça do Povo foi uma verdadeira demonstração de organização. Todas as crianças foram agraciadas com presentes e não foi registrado em nenhum momento um único problema ao longo das comemorações” disse Linderleide.

Além da prefeita Evilásia, estiveram presentes a vice prefeita Gorete Forte, secretários municipais, vereadores além de outras autoridades municipais. O Natal Para Todos marca o encerramento das comemorações natalinas do município, que já contou com a 1ª Cantata de Natal, além de outros eventos religiosos.

REVEILLON 2011

Em relação ao réveillon 2011, a prefeitura de Patu preparou um grande evento que acontecerá na Praça de Eventos Oliveira Rocha, a partir das 23:30h para comemorar a chegada do ano de 2012 com muita festa e alegria.

A animação ficara por conta das Bandas Forró Pegada de Luxo e Amaré.

 Fala da sec. de Assistência Social, Linderleide

 Secretários municipais ao lado da prefeita e vice

 Prefeita Evilásia faz a entrega do primeiro presente

 Depois foi a vez da vice prefeita gorete 

Criançada feliz com a presença do Papai Noel

PRAÇA DO POVO CHEIA DE CRIANÇAS









Fonte: Secom Patu

2 comentários:

Claudismar disse...

Sugestão do leitor

SUGESTÃO QUE IRÁ BENEFICIAR A SAÚDE DO NOSSO MUNICÍPIO - (PATU/RN):

Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24H) e SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência) O Ministério da Saúde lançou, em 2003, a Política Nacional de Urgência e Emergência com o intuito de estruturar e organizar a rede de urgência e emergência no país. Desde a publicação da portaria que instituiu essa política, o objetivo foi o de integrar a atenção às urgências. Hoje a atenção primária é constituída pelas unidades básicas de saúde e Equipes de Saúde da Família, enquanto o nível intermediário de atenção fica a encargo do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência), das Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24H), e o atendimento de média e alta complexidade é feito nos hospitais. ATENDIMENTO EM REDE – A Rede de Atenção às Urgências e Emergências visa articular e integrar todos os equipamentos de saúde para ampliar e qualificar o acesso humanizado e integral aos usuários em situação de urgência/emergência nos serviços de saúde de forma ágil e oportuna.

A Rede de Urgências é pensada de forma integrada e coloca à disposição da população serviços mais próximos de sua residência. Com as Centrais de Regulação do SAMU 192, o Ministério da Saúde trabalha na organização da estrutura disponível. Quando uma ambulância do programa é enviada para o atendimento, os profissionais de saúde já sabem para onde levarão o paciente. É o fim da peregrinação à procura de um leito, com a ambulância buscando onde deixar o paciente. Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) O objetivo é diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais, evitando que casos que possam ser resolvidos nas UPAS, ou unidades básicas de saúde, sejam encaminhados para as unidades hospitalares. As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame.

As UPAs inovam ao oferecer estrutura simplificada - com Raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com as UPAs, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24h. Serviço de Atendimento Móvel às Urgências (SAMU 192) Ao discar o número 192, o cidadão estará ligando para uma central de regulação que conta com profissionais de saúde e médicos treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone. São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, ambulância e equipe adequado a cada caso. Há situações em que basta uma orientação por telefone. O SAMU/192 atende pacientes na residência, no local de trabalho, na via pública, ou seja, através do telefone 192 o atendimento chega ao usuário onde este estiver. SAMU 192 e UPA 24h trabalham integrados no atendimento às urgências e emergências.

Abraços, CLAUDISMAR DANTAS.

Claudismar disse...

Sugestão do leitor

SUGESTÃO QUE IRÁ BENEFICIAR A SAÚDE DO NOSSO MUNICÍPIO - (PATU/RN):

Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24H) e SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência) O Ministério da Saúde lançou, em 2003, a Política Nacional de Urgência e Emergência com o intuito de estruturar e organizar a rede de urgência e emergência no país. Desde a publicação da portaria que instituiu essa política, o objetivo foi o de integrar a atenção às urgências. Hoje a atenção primária é constituída pelas unidades básicas de saúde e Equipes de Saúde da Família, enquanto o nível intermediário de atenção fica a encargo do SAMU 192 (Serviço de Atendimento Móvel as Urgência), das Unidades de Pronto Atendimento (UPA 24H), e o atendimento de média e alta complexidade é feito nos hospitais. ATENDIMENTO EM REDE – A Rede de Atenção às Urgências e Emergências visa articular e integrar todos os equipamentos de saúde para ampliar e qualificar o acesso humanizado e integral aos usuários em situação de urgência/emergência nos serviços de saúde de forma ágil e oportuna.

A Rede de Urgências é pensada de forma integrada e coloca à disposição da população serviços mais próximos de sua residência. Com as Centrais de Regulação do SAMU 192, o Ministério da Saúde trabalha na organização da estrutura disponível. Quando uma ambulância do programa é enviada para o atendimento, os profissionais de saúde já sabem para onde levarão o paciente. É o fim da peregrinação à procura de um leito, com a ambulância buscando onde deixar o paciente. Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24h) O objetivo é diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais, evitando que casos que possam ser resolvidos nas UPAS, ou unidades básicas de saúde, sejam encaminhados para as unidades hospitalares. As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame.

As UPAs inovam ao oferecer estrutura simplificada - com Raio X, eletrocardiografia, pediatria, laboratório de exames e leitos de observação. Nas localidades que contam com as UPAs, 97% dos casos são solucionados na própria unidade. Quando o paciente chega às unidades, os médicos prestam socorro, controlam o problema e detalham o diagnóstico. Eles analisam se é necessário encaminhar o paciente a um hospital ou mantê-lo em observação por 24h. Serviço de Atendimento Móvel às Urgências (SAMU 192) Ao discar o número 192, o cidadão estará ligando para uma central de regulação que conta com profissionais de saúde e médicos treinados para dar orientações de primeiros socorros por telefone. São estes profissionais que definem o tipo de atendimento, ambulância e equipe adequado a cada caso. Há situações em que basta uma orientação por telefone. O SAMU/192 atende pacientes na residência, no local de trabalho, na via pública, ou seja, através do telefone 192 o atendimento chega ao usuário onde este estiver. SAMU 192 e UPA 24h trabalham integrados no atendimento às urgências e emergências.

Abraços, CLAUDISMAR DANTAS.